16 novembro 2012

Liberdade é pouco, o que eu desejo ainda não tem nome.

Hoje é mais um dia.. Pode ser mais um dia como os outros, ou mais um dia triste, mais um dia feliz, mais um dia surpreendente, mais um dia mágico.. Mas isso só depende de mim, no final só vai ser refletido o que eu escolhi pra ele.
Eu mudei, eu mudei muito e isso as vezes me assusta, assusta tanto que me preocupa. Preciso mudar meus ares, mudar minha rotina, mudar minha vida. As vezes me sinto como se tivesse estagnada, parada, imóvel, ou então dentro de uma daquelas rodinhas pra rato sabe? que corre, corre, corre e nunca consegue sair do lugar. É, eu realmente preciso mudar isso, isso é assustador, querer mudar, querer se mover e se manter parada.
Preciso sair desse lugar, preciso deixar pra trás as coisas que me prendem, mas eu não consigo fazer isso sem que alguém não saia machucado. Eu não quero que ninguém saia ferido por um erro meu. Meus atos, minhas consequências. Só que não tem como impedir o sofrimento dos outros, não dá, é impossível.
Eu preciso voltar pro lugar, da onde eu parei, preciso me encontrar de novo, encontrar aquele sorriso que tomava conta de mim, encontrar o que eu deixei pra trás, o que eu perdi pelo caminho..
Eu sou movida à lembranças, à nostalgia, sou movida a coisas que eu não posso ter.
Eu preciso de vitalidade, de um toque que arrepie cada parte do meu corpo, de um abraço que me livre de toda dor, de um fogo que me domine e me faça perder a cabeça, de um sorriso que afaste todo o mal ao meu redor, eu preciso recomeçar do zero.. Sem ninguém!
Eu preciso me encontrar sozinha, não posso prometer o que eu não posso cumprir. Não posso prometer amor eterno, um conto de fadas, ou até mesmo um ''felizes para sempre''. Isso não é pra mim.
Eu quero a minha liberdade, a sensação de estar presa, me sufoca, suga todas as minhas energias, me deixa sem ar, sem forças.
"Liberdade é pouco, o que eu desejo ainda não tem nome.''
Preciso de alguém que tire meu folego, que tire meus pés do chão e que não me cobre nada em troca.
Preciso de espaço, de um tempo sozinha.. Ou só preciso me convencer que isso é o melhor pra mim.

Bárbara Martins.